Motores

Último olhar às 8 Horas do Bahrain

O Campeonato do Mundo de Resistência (WEC) conclui a sua primeira parte da época 2019/2020 com as 8 Horas do Bahrain, onde a Toyota regressou às vitórias.

Apesar de ter conquistado mais uma ‘pole-position’ a Rebellion não logrou repetir o triunfo de Xangai, não apenas porque Bruno Senna sofreu um toque do Ginetta de Charlie Robertson logo no começo da corrida, mas também porque o Toyota TS050 # 7 esteve imparável.

Mike Conway, Kamui Kobayashi e José Maria Lopez não deram hipóteses a ninguém, nem mesmo aos seus companheiros de equipa Kazuki Nakajima, Sebastien Buemi e Brendon Hartley, que no Toyota # 8 tiveram de se contentar com o segundo lugar.

No entanto as nossas atenções voltaram-se para os portugueses, que estiveram brilhantes, com Filipe Albuquerque a conseguir uma brilhante vitória em LMP2, depois de dominar a prova juntamente com Paul di Resta e Phil Hanson no Oreca da United Autosports, enquanto António Félix da Costa ficou na posição imediata no Oreca da JOTA Sport, que dividiu uma vez mais com Roberto Gonzalez e Anthony Davidson, apesar deste último ter sofrido um toque após a largada.

Mas nada como rever a prova no curto resumo abaixo.

 

2Shares

Em destaque

Subir