Desporto

Sérgio Conceição salienta ambição de vencer Taça de Portugal

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, alertou hoje para a dificuldade na preparação da estreia na Taça de Portugal em futebol frente ao Vila Real, mas manifestou a ambição de vencer a prova.

O técnico voltou a frisar que “vencer a Taça de Portugal é um sonho” que ainda não conseguiu concretizar, mas que espera fazê-lo já esta época.

“Temos de estar precavidos para estes jogos. Tenho muito apreço e carinho por esta competição, tive oportunidade de a ganhar ao serviço do FC Porto como jogador. Infelizmente, não consegui vencer a final em que estive presente ao serviço do Sporting de Braga. Tenho o sonho de ganhar esta bonita competição. É uma prova que encerra a época desportiva num dia de grande festa. Acho que é fantástico”, disse.

Sérgio Conceição alertou ainda para as dificuldades do jogo frente ao Vila Real, equipa que joga nos escalões distritais da Associação de Futebol de Vila Real.

“Quando se representa um clube como o FC Porto todas as competições são para ganhar. A Taça de Portugal não é diferente. Preparámos a partida com seriedade e com o respeito que o adversário merece. Vamos jogar contra amadores, mas não vai existir facilitismo. Lembro-me que este adversário o ano passado jogou com o Desportivo das Aves e só perdeu nos últimos minutos. Hoje em dia não há jogos fáceis, todas as equipas trabalham bem. Há uma diferença de qualidade, obviamente, embora por vezes os encontros se tornem equilibrados pela motivação que as equipas mais pequenas têm”, completou.

O treinador do FC Porto admitiu também que os compromissos de seleções das últimas semanas, e que retiraram alguns jogadores aos ‘dragões’, criaram alguns problemas na preparação do jogo com o Vila Real, a contar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal.

“Limita sempre aquilo que é o trabalho e a preparação dos jogos. Tivemos muitas ausências. Alguns dos meus jogadores chegaram hoje, ainda não os vi, e nesse sentido, sem dúvida, que interfere e de que maneira na preparação do jogo. A equipa que vai entrar nesse jogo tem a ver exatamente com isso, com os jogadores que estiveram connosco durante a semana”, explicou o treinador em conferência de imprensa.

Sérgio Conceição foi também abordado sobre as palavras de Pinto da Costa, presidente portista, acerca de Herrera, quando afirmou que o médio mexicano terá pedido seis milhões de euros para renovar contrato.

“Em todos os clubes acontece, o ano passado tivemos a mesma situação. O presidente é soberano, temos de aceitar e não comentar. Tive a oportunidade de falar com o Herrera sobre este jogo e sinceramente não falei em nada do que foi comentado pela imprensa. Tudo aquilo que são contratos e que anda à volta do futebol deixamos à porta do Olival. Estamos atentos, mas o nosso foco está no trabalho diário”, disse.

O FC Porto, da I Liga de futebol, defronta na sexta-feira, às 20:15, no Complexo Desportivo Monte da Forca, o Vila Real, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Mais partilhadas da semana

Subir