Fórmula 1

Poderá haver plano B para Valtteri Bottas se não ficar na Mercedes

Valtteri Bottas já teve uma posição forte no seio da equipa Mercedes, sobretudo no arranque da temporada. Mas as coisas mudaram e o futuro do piloto finlandês parece incerto.

A oitava posição obtida no Grande Prémio da Hungria, antes da pausa de verão, não veio ajudar em nada o ‘dono’ do Mercedes # 77, ainda que na pista magiar Valtteri tenha sido ‘vítima’ de vários toques após a partida, numa corrida para a qual largava de uma posição melhor do que o seu companheiro de equipa.

O que é certo é que Lewis Hamilton conseguiu em Hungaroring o seu oitavo triunfo e Bottas se mantém com duas vitórias e está cada vez mais longe do seu ‘chefe-de-fila’ e líder do campeonato, fazendo crescer a pressão para que em 2020 possa dar lugar a Esteban Ocon ou mesmo a George Russell, protegido da Mercedes que compete pela Williams.

Para já o líder da equipa Mercedes vai sendo evasivo, embora tenha deixado entender que o lugar de Valtteri Bottas está mesmo em perigo para a próxima temporada, ao admitir que poderá ajudar o finlandês a arranjar um lugar numa outra equipa. “Somos responsáveis, tanto pelos pilotos juniores como aqueles que guiam o carro atualmente. Não vamos fazer nada que lhe complique o futuro da sua carreira”, referiu.

Toto Wolff garante: “O que decidirmos vamos ter em conta as possibilidades para um piloto ir para outro lugar. O que Esteban quer fazer para progredir num lugar qualquer ou o que Valtteri quiser fazer noutro lugar iremos apoiá-los. Ele (Bottas) merece isso”.

Mais partilhadas da semana

Subir