Motores

Pedro Marques satisfeito com desempenho

Pedro Marques esteve em bom plano na Rampa Porca de Murça aos comandos do Porsche GT3 rodando entre os mais rápidos da categoria.

No entanto o piloto da Mobymotorsport sentiu alguns percalços naturais para quem guiava o carro de Weissach nesta primeira prova do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group 2020 .

Ainda a procurar as melhores afinações para o Porsche Pedro Marques rodou em 2m53,906s na primeira subida de ‘warm-up. Depois conseguiu realizar a primeira subida de prova em 2m24,377s, o que lhe dava o terceiro posto entre os GT.

Cada vez mais adaptado ao Porsche, o piloto minhoto conseguiu ‘ensaiar’ aquilo que lograria na segunda subida de prova – 2m211,320s, que lhe deu o segundo lugar entre os GT. Colocando aí um ponto final na sua participação, face à anulação da terceira subida devido ao acidente de Luís Silva.

Um triste incidente que não deixou passar sem uma mensagem de apoio aos familiares dos espetadores falecidos, a quem Pedro Marques deixou “as mais sentidas condolências”, bem como “votos para uma rápida recuperação total dos feridos e um forte abraço para o Luís Silva, neste momento difícil, e que regresse rapidamente às provas do ‘Nacional’ de Montanha”.

Em termos de prestação o piloto de Braga mostrou-se satisfeito, apesar de alguns percalços. “Correu bem. Na segunda subida de treinos não sei o que se passou, mas um farol soltou-se. De resto não houve mais problemas com o carro. Foi a minha estreia na Rampa de Murça com este carro”, referiu.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir