Nas Notícias

Paulo Gonçalves e o computador de Jesus: “Nunca se sabe o que esse louco ali metia”

Paulo Gonçalves, agora ex-assessor jurídico da SAD do Benfica, mostrou-se preocupado com o computador de Jorge Jesus, numa altura em que o técnico já orientava os rivais de Alvalade.

De acordo com o email a que o jornal Record teve acesso, datado de dezembro de 2016, Paulo Gonçalves mostrou preocupação quanto ao computador de Jorge Jesus.

“Nunca se sabe o que esse louco ali metia, desde contactos de jogadores de outros clubes a contactos relacionados com a arbitragem”, pode ler-se.

Paulo Gonçalves, recorde-se, está acusado pelo Ministério Público de 79 crimes no âmbito do caso ‘E-Toupeira’.

Entre os alegados crimes, Paulo Gonçalves é suspeito da entrega de benefícios a dois funcionários judiciais, a troco de informações sobre processos em segredo de justiça, envolvendo o Benfica, mas também clubes rivais.

A SAD do Benfica é também acusada de 30 crimes, um de corrupção ativa, um de crime de oferta ou recebimento indevido de vantagem e de 28 crimes de falsidade informática.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir