Motociclismo

Miguel Oliveira e Brad Binder reeditam dupla na Tech3 em 2020

O sul-africano Brad Binder será companheiro de equipa do português Miguel Oliveira na equipa Tech3 na próxima temporada de MotoGP, anunciou hoje a KTM.

Será o reencontro para os dois pilotos, que já foram companheiros de equipa na Ajo KTM na categoria de Moto2 em 2017 e 2018. Sem destino ficou o malaio Hafyzh Siahrin, protegido do dono da equipa, o francês Hervé Poncharal, mas que tem sido recorrentemente batido pelo piloto português.

Binder será o primeiro sul-africano a competir na classe rainha desde 2000, depois de já ter sido campeão de Moto3 em 2016. “Vai ser uma dupla forte, pois acredito que haverá uma grande relação entre ele e o Miguel. Não podia ambicionar uma estrutura melhor”, vincou Hervé Poncharal. “Os dois já se conhecem, são competidores incríveis e um dono de uma equipa é tudo o que quer”, frisou.

“É incrível ter esta oportunidade. Quero fazer um enorme agradecimento à KTM, à Red Bull KTM Tech3, ao meu manager e à minga família por me ajudarem a chegar à categoria ‘rainha’ e poder experimentá-la. É uma sensação espantosa a que sinto de momento e um sonho tornado realidade”, afirma Brad Binder.

O sul-africano de 23 anos concretiza no próximo ano o objetivo pelo qual batalhou desde que chegou ao Campeonato do Mundo de Velocidade em motociclismo, e por isso esta promoção vem na altura certa: “Quando se cresce e se tem o objetivo de chegar à categoria MotoGP, com os melhores pilotos do mundo com as melhores motos…só se pode ficar radiante. A sensação é incrível”.

24Shares

Mais partilhadas da semana

Subir