Mundo

México: Roubo de irídio, uma substância radioativa, assusta as autoridades

assalto_no_mexico

Cinco estados do México estão em alerta máximo após um assalto na noite de segunda-feira, mas que apenas agora se tornou público. Um camião carregado com irídio-192, um material radioativo que é mortal se houver contacto prolongado, desapareceu.

As autoridades do México continuam a procurar um camião que desapareceu na noite de segunda para terça-feira, num incidente só agora tornado público: é que o veículo estava carregado de irídio-192.

Esta substância é usada na indústria radiológica, sendo muito perigosa: a exposição prolongada pode resultar na morte.

Ontem, o Ministério do Interior anunciou que os estados de Tabasco, Campeche, Chiapas, Oaxaca e Veracruz estão em alerta máximo: é que as suspeitas apontam para um assalto.

O camião desapareceu na zona de Cárdenas (Tabasco), mas o alerta das autoridades abrange ainda os estados vizinhos.

Segundo o El Mundo, terá sido uma empresa de engenharia e radiografia a alertar as autoridades para o incidente, dada a perigosidade do irídio-192, em especial se a substância for retirada do invólucro de segurança.

O mesmo jornal avança que as investigações envolvem a proteção civil, a polícia federal e o exército.

Os roubos de materiais radioativos começam a ser ‘normais’ no México. Os mais recentes ocorreram em fevereiro deste ano, com o assalto a três camiões, entretanto recuperados pelas autoridades.

No ano passado, foram tornados públicos dois incidentes deste género, em dezembro e em julho.

De acordo com algumas fontes das autoridades, estes roubos não são motivados pelos materiais radioativos: os criminosos pretendem apoderar-se dos camiões e desconhecem o perigo inerente à carga.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir