Nacional

Maria Vieira com uma lista de insultos para Sousa Tavares

No seu comentário no Telejornal da TVI, Miguel Sousa Tavares estabeleceu um paralelo entre as vitórias de Jair Bolsonaro e Bruno de Carvalho. Maria Vieira não gostou e partiu para o insulto, nas redes sociais.

É regra: sempre que Maria Vieira usa as redes sociais, não é para distribuir simpatia. Pelo contrário. E na noite de ontem este preceito foi cumprido à risca. Bastou que o comentador comparasse as vitórias de Bolsonaro, nas eleições no Brasil, e de Bruno de Carvalho, no Sporting.

A comparação, enquadrada no raciocínio do escritor, faz todo o sentido. E insere-se num espaço de opinião, que tem de ser respeitado. Mas a atriz não gosta que discordem de si.

E reagiu com dureza: “Esta pessoa – Miguel Sousa Tavares – um fulano que é pago para regurgitar vulgaridades na TV, comparou hoje na TVI o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, ao ex-presidente do Sporting – Bruno de Carvalho!”, exclamou Maria Vieira, num post no Facebook.

Prosseguiu com agressividade:

“Sendo assim, eu também devo ter direito a comparar Miguel Sousa Tavares com um idiota encartado, porque compará-lo com um burro seria um desrespeito para com esses nobres animais de trabalho, algo que esse ‘comentadeiro’ idiota nunca fez na sua confortável vida!”.

Maria Vieira adjetivou o escritor como “energúmeno”, que “não vale o chão que pisa”. “Nojo de gente”, “miseráveis”, “trapaceiros”.

“Estou farta destes ‘Miguéis’ Sousa Tavares, estou farta desta gente que não vale o chão que pisa e acredito que em breve todos eles terão o desprezo e o fim que merecem! Que nojo de gente, (…) Miseráveis! Colherão um dia aquilo que semeiam, seus trapaceiros de fossas douradas!”, concluiu.

Refira-se que Maria Vieira é uma defensora acérrima de Jair Bolsonaro. A atriz usa as redes, sobretudo, para fazer comentários políticos e manifestar os seus ideais de direita. Fá-lo com natural legitimidade, mas lida mal com ideias contrárias às suas.

Mais partilhadas da semana

Subir