Nas Redes

Maria Vieira com uma lista de insultos para Sousa Tavares

No seu comentário no Telejornal da TVI, Miguel Sousa Tavares estabeleceu um paralelo entre as vitórias de Jair Bolsonaro e Bruno de Carvalho. Maria Vieira não gostou e partiu para o insulto, nas redes sociais.

É regra: sempre que Maria Vieira usa as redes sociais, não é para distribuir simpatia. Pelo contrário. E na noite de ontem este preceito foi cumprido à risca. Bastou que o comentador comparasse as vitórias de Bolsonaro, nas eleições no Brasil, e de Bruno de Carvalho, no Sporting.

A comparação, enquadrada no raciocínio do escritor, faz todo o sentido. E insere-se num espaço de opinião, que tem de ser respeitado. Mas a atriz não gosta que discordem de si.

E reagiu com dureza: “Esta pessoa – Miguel Sousa Tavares – um fulano que é pago para regurgitar vulgaridades na TV, comparou hoje na TVI o presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, ao ex-presidente do Sporting – Bruno de Carvalho!”, exclamou Maria Vieira, num post no Facebook.

Prosseguiu com agressividade:

“Sendo assim, eu também devo ter direito a comparar Miguel Sousa Tavares com um idiota encartado, porque compará-lo com um burro seria um desrespeito para com esses nobres animais de trabalho, algo que esse ‘comentadeiro’ idiota nunca fez na sua confortável vida!”.

Maria Vieira adjetivou o escritor como “energúmeno”, que “não vale o chão que pisa”. “Nojo de gente”, “miseráveis”, “trapaceiros”.

“Estou farta destes ‘Miguéis’ Sousa Tavares, estou farta desta gente que não vale o chão que pisa e acredito que em breve todos eles terão o desprezo e o fim que merecem! Que nojo de gente, (…) Miseráveis! Colherão um dia aquilo que semeiam, seus trapaceiros de fossas douradas!”, concluiu.

Refira-se que Maria Vieira é uma defensora acérrima de Jair Bolsonaro. A atriz usa as redes, sobretudo, para fazer comentários políticos e manifestar os seus ideais de direita. Fá-lo com natural legitimidade, mas lida mal com ideias contrárias às suas.

218Shares

Mais partilhadas da semana

Subir