Motores

João Ramos traído por problema mecânico

João Ramos e Victor Jesus não foram felizes na Baja TT Vindimas do Alentejo, que no passado fim de semana marcou o arranque do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno|AM 48.

A dupla da Toyota Caetano Motorsport esteve na luta pela vitória durante o primeiro dia da prova do Clube de Promoção de Karting e Automobilismo, mas no início do segundo um problema de índole técnica veio a ditar a desistência.

No prólogo e no primeiro setor João Ramos foi segundo, rodando muito perto do líder, mas no começo do segundo dia de prova tudo se complicou, pois o vedante da caixa de óleo da direção assistida da Toyota Hilux negra cedeu e o abandono foi inevitável.

O piloto de Gaia percebeu, durante a fase inicial da baja alentejana que a direção assistida estaria um pouco mais “dura” do que o habitual, apesar de funcional, e a decisão da equipa de assistência foi unânime em relação a uma substituição preventiva por material totalmente novo oriundo diretamente do fornecedor. O que acabaria por ser determinante no desfecho da participação da equipa.

“Voltamos a não ter sorte nesta prova e ficamos fora da luta devido a um problema que nem eu nem o Victor, e muito menos a nossa equipa, podia antever ou resolver. Temos de garantir junto dos nossos parceiros que tal não se repetirá, pois é de todo inadmissível que uma peça nova ceda ao fim de cinco quilómetros”, afirma João Ramos.

O desejo do piloto nortenho é compensar este desaire com uma boa prestação na próxima prova, a Baja TT ACP – Santiago/Grândola, entre os dias 6 a 8 de março: “Acredito que nada está perdido. É o arranque da época, mas sem dúvida que chegamos com outro objetivo, que acabou por não ser possível concretizar”.

“Gostei da prova. Traçado muito interessante e desafiante. Sentimos que poderíamos atacar e conseguir lutar pela vitória, e terminamos de modo inglório”, acrescentou João Ramos, que não duvida da sua competitividade para toda a temporada nacional de todo-o-terreno.

2Shares

Mais partilhadas da semana

Subir