Fórmula 1

Hulkenberg admite que é “muito provável” continuar na Renault em 2020

Falando em Hockenheim, onde se encontra para disputar o Grande Prémio da Alemanha, Nico Hulkenberg disse ser “muito provável” que continue na equipa de Fórmula 1 da Renault na próxima temporada.

O futuro do piloto alemão no seio da formação da marca francesa tem sido alvo de especulação, segundo a qual Esteban Ocon poderia ser o companheiro de equipa de Daniel Ricciardo em 2020.

Apesar da Renault não ter conseguido aproximar-se mais das três equipas de topo da F1, Hulkenberg mantém-se otimista relativamente ao seu futuro e ao da sua equipa: “Penso que é justo dizer que até agora a época não tenho estado inteiramente contente com aquilo que conseguimos”.

“No começo tivemos muitos problemas e falhamos muito resultados, mas um pouco mais desiludido em termos do ritmo de desenvolvimento. Não é realmente onde queríamos estar. Por isso estamos abaixo das expetativas e não inteiramente contentes se olharmos para os últimos três anos. Não estamos completamente contentes com tudo o que fizemos”, diz o piloto germânico.

Apesar da Renault ter mostrado a espaços um bom desempenho, também acumulou grandes frustrações, que não ajudaram o desempenho no começo da época. E se a ambição da equipa é reduzir a diferença para a McLaren, Nico Hulkenberg pensa que há potencial para maiores ganhos a longo prazo.

“No geral estamos bem, e continuamos a ver a luz ao fim do túnel. Acredito que em grande medida podemos recuperar terreno. Quanto é sempre difícil de dizer com total certeza, mas vamos ver o que acontece no futuro e também ver o que acontece comingo também. Para mim nada está ainda decidido mas penso que é provável que continue com a equipa”, remata o piloto alemão da Renault.

4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir