Motores

Harvick perde lugar na final da NASCAR por ‘asa’ ilegal

Kevin Harvick perdeu a vitória conseguida domingo na Texas Speedway por utilização de ‘asa’ ilegal no Ford # 4 e com isso também a ‘vaga’ final da NASCAR Cup.

O piloto da Stewart Haas fica sem os 40 pontos respeitantes ao triunfo na pista texana pelo facto do seu carro não estar de acordo com o desenho dos regulamentos, pois a ‘asa’ tem de estar exatamente como foi fornecida pelo fabricante. O que se verificou não ser o caso após inspeção no centro de desenvolvimento em Concord, Carolina do Norte.

As irregularidades não ficaram restritas ao carro de Harvick, pois também os de Ryan Blaney e Erik Jones também não estavam só que no caso do # 4 isso tem implicações nos ‘play-off’ da NASCAR, pois o piloto ia lutar por mais um título e, para além disso, não poderá ter o mesmo chefe de equipa nas duas próximas provas do campeonato, pois Rodney Childers está suspenso, além de ser multado em 75 mil dólares. Robert Smith, também membro da equipa do Ford # 4 também foi suspenso nas duas próximas provas.

A deceção do diretor da Stewart Haas Greg Zipadelli, foi enorme: “Trabalhamos incansavelmente em cada centímetro dos nossos carro para criar rapidez, e infelizmente a NASCAR determinou que nos aventurássemos numa área que não é contempla pelos regulamentos. Não vamos recorrer. Em vez disso direcionaremos o nosso foco imediato para o evento deste fim de semana em Phoenix, e controlaremos o nosso destino na pista”.

Tony Gibson será o chefe de equipa de Kevin Harvick nas suas próximas semanas, e Nick DeFazio será o coordenador interino. De referir que Ryan Blaney também perderam 20 pontos e terão também os seus chefes de equipa suspensos por duas provas.

Mais partilhadas da semana

Subir