Motores

Golpe de teatro dá triunfo a Dani Sordo na Sardenha

Ott Tanak parecia caminhar para uma vitória certa no Rali da Sardenha, mas num ‘golpe de teatro’ perdeu a vitória com a meta à vista, ao ter problemas na ‘power stage’ final, entregando o triunfo a Dani Sordo

O estónio da Toyota partiu para a última etapa, realizada esta manhã, com quase 26 segundos de vantagem, que parecia uma ‘almofada’ confortável, mas bastaram problemas de direção assistida no Yaris WRC no derradeiro troço, que o levaram a fazer um pião e a parar na segunda passagem por Sassari-Argentiera e perder o rali.

Uma enorme deceção para Tanak e para a Toyota, com o piloto estónio a perder mais de dois minutos para Andreas Mikkelsen, o mais veloz na ‘power stage’, e a ‘cair’ para a quinta posição, deixando Sordo a celebrar um triunfo com o qual já não contava.

O espanhol da Hyundai tinha estado toda a tirada a controlar a diferença para Teemu Suninen, acabando por bater o finlandês da M-Sport por pouco mais de 13 segundos, numa prova onde a equipa liderada por Andrea Adamo ainda pôde celebrar o último lugar do pódio conseguido por Mikkelsen.

“Não tenho palavras. No começo desta época não sonhava com isto. Tenho pena pelo Tanak pelo que lhe sucedeu, mas as corridas são assim. Tive muitas dificuldades durante toda a prova, mas foram seis anos sem vencer e agora estou muito contente, por mim e pela equipa”, afirmou Dani Sordo no final da prova

Esperava-se que Sebastien Ogier pudesse vencer a ‘power stage’, mas o Campeão do Mundo quedou-se pelo segundo tempo, a dois segundos de Andreas Mikkelsen, enquanto Thierry Neuville, que foi terceiro nesse derradeiro troço, apenas mitigou as perdas com a obtenção do sexto lugar na prova.

De destacar o desempenho de Elfyn Evans, que completou o bom resultado de conjunto da M-Sport Ford, que poderia ter sido ainda melhor, já que o galês falhou o pódio por nove décimas. O que diz bem de quanto decisiva foi para Mikkelsen a vitória na ‘power stage’.

Classificação final

1º Dani Sordo/Carlos del Barrio (Hyundai) 3h32m27,2s

2º Teemu Suninen/Jarmo Lehtinen (Ford) + 13,7s

3º Andreas Mikkelsen/Anders Jaeger (Hyundai) + 32,6s

4º Elfyn Evans/Scott Martin (Ford) + 33,5s

5º Ott Tanak/Martin Jarveoja (Toyota) + 1m30,1s

6º Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai) + 2m06,7s

7º Esapekka Lappi/Janne Ferm (Citroën) + 2m59,6s

8º Kris Meeke/Sebastian Marshall (Toyota) + 4m40,1s

9º JHarri Rovanpera/Juho Halttinen (Skoda) + 8m24m,6s

10º Jan Kopecky/Pavel Dresler (Skoda) + 8m49,2s

Mais partilhadas da semana

Subir