Nas Notícias

GNR faz 463 detenções, quase metade por condução com álcool

A GNR efetuou nos últimos sete dias 463 detenções em flagrante delito, incluindo 211 por condução sob o efeito do álcool, 50 por tráfico de droga, 34 por posse ilegal de arma e oito por violência doméstica.

Segundo adianta hoje um comunicado da GNR, entre 27 de julho e 02 de agosto, esta força de segurança realizou ainda 71 detenções em flagrante por condução sem carta, sete por permanência ilegal em Portugal, sete por roubo, seis por furto, duas por ofensas à integridade física, uma por falsificação de documentos e uma por ameaças.

Durante a ação de fiscalização rodoviária e prevenção e combate à criminalidade, a GNR apreendeu 4.197 doses de haxixe, 631 doses de cocaína, 519 doses de heroína, 90 doses de anfetaminas, 56 gramas de liamba, oito pés de canábis, 12 armas de fogo, 29 armas brancas, 34 munições de diversos calibres, 24 veículos e 3.105 artigos contrafeitos.

Foram também apreendidos 129.200 cigarros avulsos, 284 quilos de tabaco triturado, 29.169 quilos de pescado, 2.650 quilos de bivalves e 9.850 euros em numerário.

Quanto ao trânsito, a GNR detetou 8.554 infrações, destacando-se 4.256 por excesso de velocidade, 485 por condução com taxa de álcool no sangue superior à permitida por lei, 460 por falta de inspeção periódica obrigatória, 382 relacionadas com anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização e 338 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.

Foram ainda detetadas 304 infrações por uso indevido do telemóvel em condução, 251 relacionadas com tacógrafos e 177 por falta do seguro de responsabilidade civil obrigatório.

Mais partilhadas da semana

Subir