Motores

Filipe Albuquerque parte de sétimo no Canadá

Filipe Albuquerque e João Barbosa vão partir da sétima posição para a prova canadiana do Campeonato IMSA Sportscar que amanhã se disputa no Circuito de Mosport.

Na sessão de qualificação que hoje se realizou, e onde mais uma vez o sistema de equilíbrio de performance (BoP) não ajudou ao andamento do Cadillac DPi # 5 da Action Express Racing, o Albuquerque não pôde fazer melhor.

Numa prova com duas horas e 40 minutos a posição de largada vai condicionar o piloto de Coimbra e o seu companheiro de equipa João Barbosa, que já sabem que vão ter de andar nos limites. Algo que não constitui propriamente uma surpresa para nenhum dos dois portugueses.

“Apesar de termos um carro bem equilibrado e com um bom andamento, o mesmo não é suficiente para os carros que estão nos primeiros lugares. O ‘BoP’ imposto aos Cadillac está a limitar, e muito, a nossa performance. Mas nada disto é novidade para nós, sabíamos o que nos esperava”, considerou Filipe Albuquerque.

O piloto conimbricense está encarregue de fazer o começo da corrida de amanhã, enquanto a Barbosa cabe a segunda metade da prova, pelo que os planos passam por tentar obter o melhor resultado possível face às circunstâncias.

“Vamos ver como vai decorrer a prova. A estratégia poderá ter um papel a dizer. Não é a posição ideal para arrancar, mas nada está perdido. Vamos fazer o nosso trabalho e esperar para ver o que acontece”, rematou Filipe Albuquerque.

Mais partilhadas da semana

Subir