Motores

Macedo e Silva confirma estatuto nos Clássicos

João Macedo e Silva era o favorito à vitória no Campeonato de Portugal de Velocidade de Clássicos e confirmou esse estatuto na primeira corrida do fim de semana integrado no 50º Circuito de Vila Real.

O piloto do Porsche 911 RSR garntiu a ‘pole position’ e quando foi dada a largada para a corrida assumiu a liderança e foi-se afastando dos adversários mais diretos.

No fundo Macedo e Silva fez uma prova à parte dos demais, e só a entrada do ‘safety car’, devido ao despiste de Paulo Botelho, quando perdeu o controlo do seu Austin Mini Cooper S após um toque de um adversário na primeira volta, fez com que o piloto do Porsche laranja fosse obrigado a novo ‘forcing’ depois da corrida ser retomada.

O futuro vencedor acabaria a gerir a vantagem, já que Rui Azevedo teve de se defender dos ataques de Joaquim Jorge, com os dois pilotos dos Ford Escort RS 1600 a protagonizarem um aceso duelo, terminando por esta ordem e acompanhando João Macedo e Silva no pódio absoluto, que foi também o dos H75.

Rui Costa também chegou a estar na ‘guerra’ pelo segundo posto mas terminou em quarto, com o top cinco a ser completado por mais um piloto dos Escort RS1600, o de Rui Alves, autor de uma grande recuperação desde o nono posto.

Apesar de ser sétimo classificado em termos absolutos, Jorge Cruz levou o seu BMW 323i à vitória nos H81, imediatamente à frente do melhor do Grupo 5, que foi Luís Carlos e o seu Ford Escort RS MKII.

João Vieira impôs-se nos H71 aos comandos do seu Porsche 944-6 GT, enquanto José Balsa e o Ford Cortina Lotus triunfou nos H65 e Joaquim Soares levou o seu Lotus Elan à vitória dos H71 1600.

Entre os Clássicos 1300 venceu Victor Araújo, com uma condução eficaz do seu Datsun 1200, confirmando na corrida a ‘pole position’ conseguida nos treinos cronometrados, batendo o regressado Luís Alegria e João Braga, num pódio monopolizado por pilotos do icónico modelo japonês.

7Shares

Mais partilhadas da semana

Subir