Fórmula 1

Ferrari pretende renovar com Sebastian Vettel

A Ferrari tem como prioridade renovar o contrato de Sebastian Vettel para 2021. Isso mesmo foi assumido por Mattia Binotto.

Falando durante a apresentação do novo SF1000 em Reggio Emilia, o diretor da ‘Scuderia’ diz que está mais concentrado na recondução do alemão no seio da equipa do que num eventual recrutamento de Lewis Hamilton, rumor que já começou a circular.

Como 2020 será um ano de transição para a Fórmula 1, Vettel enfrenta uma temporada crucial na sua carreira, já que o seu contrato com a formação de Maranello expira no final deste ano.

Na sua sexta época de ‘cavalinho ao peito’, o Tetracampeão do Mundo deixou de ser o líder natural no seio da Ferrari, pois os êxitos do seu companheiro de equipa, Charles Leclerc, fizeram com que a ‘Scuderia’ prolongasse o contrato com o monegasco até 20214. Algo que não sucedeu com Vettel, fazendo aumentar os boatos de uma possível substituição após o final da época que se aproxima.

Embora não fechando ‘a porta’ ao recrutamento de um nome de peso no atual pelotão de F1, Mattia Binotto afirmou: “Seb é a nossa primeira escolha de momento. Estamos em vias de negociar com ele e vamos continuar a fazê-lo, mas ele tem claramente a nossa preferência”.

Relativamente a uma possível contratação de Hamilton, o responsável pela Gestione Sportiva da Ferrari disse não haver “grande coisa a acrescentar ao que disse anteriormente”, sendo peremtório: “De momento não estudamos a pista Hamilton”.

Já Sebastian Vettel mostra-se recetivo a continuar em Maranello, onde está desde 2015. “Como sublinhou Mattia, é preciso viver o momento presente, e o que conta nesta altura é o que está atrás de nós (o SF1000). Ainda me sinto jovem. Fala-se de Lewis, ele é mais velho do que eu, por isso a idade não é um problema”, referiu.

O piloto de Heppenheim lembrou também o passado na ‘Scuderia’ para alegar que não tem pressa para decidir o seu futuro: “Há três anos não renovei antes de meio de agosto, quando estava a seis meses de ficar sem lugar. Concentrei-me no momento, mesmo se são questões que se acabarão por abordar. Temos tempo para falar. Não há pressão”.

“Sinto-me bem e confiante. A época passada foi rica em eventos. Posso claramente melhorar em certos domínios e estou convencido que o vou conseguir este ano. Não estou stressado, apenas impaciente para provar uma série de coisas”, rematou Vettel.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir