Motores

Fernando Salgueiro lutou até ao último segundo ‘em casa’

Fernando Salgueiro voltou a estar em destaque no Campeonato de Portugal de Clássicos de Montanha na Rampa do Caramulo, onde lutou até ao fim pela vitória, como vem sendo hábito esta temporada.

A competir ‘em casa’ e perante uma moldura humana impressionante, o piloto do Caramulo Racing Team protagonizou um duelo épico com o seu companheiro de equipa Ricardo Loureiro.

Fotos: Dário Teles

No evento organizado pelo Targa Clube Fernando Salgueiro procurou tirar o máximo partido do seu Ford Escort MKII, rodando inicialmente acima de 1m42s mas depois baixando abaixo de 1m37s logo na primeira subida de treinos. Isso dava-lhe a segunda posição entre os Clássicos de Montanha. Posto que manteve na segunda subida de treinos, embora rodasse acima de 1m40s.

Já na primeira subida de prova o piloto do Caramulo obteve uma marca um pouco acima de 1m38s, mas novamente o segundo tempo entre os Clássicos, prometendo estar na contenda pela vitória no domingo.

O ‘warm-up’ matinal do segundo dia foi utilizado por Fernando Salgueiro para ‘sentir’ o Escort, rodando bem acima de 1m42s, mas na última subida de treinos rodou pouco acima de 1m39s, mantendo o seu estatuto atrás do líder dos Clássicos de Montanha.

Na segunda subida de prova o piloto do Caramulo Racing Team ‘atacou’ forte, efetuando 1m37,900s. Marca que não conseguiria bater na derradeira subida, quando foi mais lento. Nada que inviabilizasse a subida ao pódiona sua categoria.

“Correu muito bem. Foi uma grande luta com o meu colega Ricardo Loureiro. Mas a verdade é que ele esteve imbatível. Bem tentei aproximar-me, mas tenho de reconhecer que não consegui, pois tive problemas na caixa de velocidades mesmo na última subida”, afirmou Fernando Salgueiro no final.

O piloto do Caramulo salienta no entanto o bom trabalho da equipa, bem como o muito público que acorreu em massa ao evento: “Foi uma excelente prova. A Rampa estava cheia de espetador. Desde que corro na Rampa do Caramulo nunca vi nada assim. Foi uma grande festa na minha terra e foi um bom resultado final”.

Mais partilhadas da semana

Subir