Desporto

FC Porto acusado de não pagar Paulinho e Ewerton

O presidente do Portimonense acusou o FC Porto de não pagar pelos reforços Paulinho e Ewerton, exigindo o regresso de ambos os jogadores a Portimão.

Paulinho chegou ao Dragão a meio da temporada passada, por empréstimo com cláusula de compra (por sete milhões de euros), e Ewerton no início da presente janela de transferências (por cinco milhões).

No entanto, os azuis e brancos não terão liquidado os pagamentos acordados, como deu a entender Rodiney Sampaio, que lidera a SAD dos algarvios.

“O FC Porto não tem condições de fazer os pagamentos em causa e por isso exigimos o seu regresso”, adiantou o responsável do Portimonense, citado por dois jornais desportivos.

Recorde-se que ambos os médios foram já dispensados pelo treinador portista, Sérgio Conceição.

11Shares

Mais partilhadas da semana

Subir