Desporto

Espanha dá formação antiterrorista aos ‘stewards’ em ano de final da ‘Champions’

Cerca de 1.000 seguranças particulares espanhóis começaram hoje a receber formação para melhorar o seu trabalho nos estádios de futebol e saber agir em possíveis ataques terroristas, nas vésperas de Madrid receber a final da Liga dos Campeões.

De acordo com a Polícia Nacional espanhola, responsável pela formação, o objetivo é aperfeiçoar a cooperação entre forças policiais e seguranças privados, mais conhecidos como ‘stewards’ dentro dos estádios de futebol, e dar instruções claras sobre o que se deve ou não se deve fazer em determinadas situações.

Em causa está, por exemplo, a intervenção junto das claques mais radicais, bem como um possível atentado terrorista.

De acordo com a mesma fonte, em Espanha há 200 mil seguranças a trabalhar nos estádios, mas só metade é que está realmente qualificada.

A final da Liga dos Campeões está agendada para 01 de junho, no Estádio Wanda Metropolitano, em Madrid.

Mais partilhadas da semana

Subir