Mundo

Enfermeira sem emprego em Portugal ganha prémio no Reino Unido

Sílvia Nunes, de 33 anos, licenciou-se em enfermagem em Portugal, mas nunca conseguiu arranjar emprego na área. Mudou-se para o Reino Unido, onde acabou de ganhar o prémio de “melhor enfermeira” da região leste de Inglaterra.

A enfermeira de 33 anos rumou ao Reino Unido à procura de um emprego que não encontrou em Portugal.

Agora, venceu um prémio de “Melhor Enfermeira” da região leste de Inglaterra, numa de duas nomeações da ‘Care Registered Nurse’ em que estava inserida.

Esta categoria pretende reconhecer um profissional de cuidados de longa duração que demonstre excelentes qualidades clínicas e de gestão e “um alto nível de dedicação e apoio às pessoas que ajuda”.

Sílvia Nunes licenciou-se em Portugal em 2013, na Escola Superior de Saúde do Vale do Ave. Um ano mais tarde, sem conseguir falar inglês, rumou ao Reino Unido.

Começou por trabalhar como auxiliar num lar, enquanto não chegava o cartão profissional para exercer através da Ordem dos Enfermeiros do Reino Unido.

Demorou 10 meses mas, assim que o recebeu, a carreira ‘disparou’: passou a enfermeira, depois enfermeira chefe e é, hoje, vice-diretora do lar Ford Place, em Thetford, a 140 quilómetros de Londres.

Entre as várias ações de Sílvia Nunes, determinantes para a conquista do prémio, destacam-se a introdução de um reforço de nutrição e as alterações na alimentação e medicação para melhorar o bem-estar.

A nomeação de Sílvia Nunes não é, de resto, uma novidade. No ano passado, a enfermeira tinha sido nomeada para o ‘National Care Awards’ por superiores, colegas e residentes do lar de idosos onde trabalhava.

Mais partilhadas da semana

Subir