Motores

Bruno Magalhães “sempre a evoluir” o Hyundai

No Rali dos Açores Bruno Magalhães e Hugo Magalhães conseguiram a segunda posição entre os concorrentes do Campeonato de Portugal de Ralis, ficando ‘à porta’ do pódio do ‘Europeu’ da especialidade.

Com uma tradição de bons resultados na prova insular – onde venceu em 2008, 2010 e 2017 – o piloto da Hyundai Motorsport Portugal sentiu dificuldades iniciais, mas depois foi melhorando o ‘set-up’ do i20 R5 e conseguindo ser cada vez mais rápido.

Em São Miguel Bruno Magalhães acabaria por terminar atrás de Ricardo Moura mas à frente daquele que até aqui era o líder do Campeonato de Portugal, Ricardo Teodósio. Isso espelha as melhorias e a adaptação que o piloto de Oeiras teve ao Hyundai, apesar das difíceis condições climatéricas que marcaram o último dia de prova.

“Disputar o rali dos Açores é sempre uma montanha-russa de emoções e este ano tivemos algumas das condições mais adversas que já encontrei, no último dia de prova. Curiosamente, foi precisamente quando as condições ficaram mais duras que pudemos atacar e garantir o resultado que precisávamos para o campeonato”, começou por salientar o piloto da Hyundai no final do rali.

Bruno Magalhães destaca também: “Estivemos sempre a evoluir o carro em todos os parques de assistência e acho que demos um passo em frente em termos de setup e de performance. Foram mais 220 quilómetros cronometrados com o Hyundai i20 R5, que mais uma vez mostrou uma fiabilidade notável e que nos dá todas as garantias para as próximas provas”.

O piloto de Oeiras pensa já na próxima prova do Campeonato de Portugal de Ralis. o Rali de Mortágua, também em pisos de terra, agendado para os dias 3 e 4 de maio.

6Shares

Mais partilhadas da semana

Subir