Desporto

Bruno de Carvalho terá criado ‘cartilha’ que custava meio milhão anual ao Sporting

Bruno de Carvalho terá criado durante a sua presidência em Alvalade um alegado esquema de comunicação (vulgarmente conhecido por ‘cartilha’) que visava defender os interesses dos leões mas, ao mesmo tempo, ‘alimentar uma guerra’ contra os rivais nas redes sociais, de acordo com o que revela o Correio da Manhã (CM).

Esta “campanha suja”, como o CM lhe chama, custaria meio milhão de euros por ano aos cofres do Sporting e era supostamente realizada através de “blogues anónimos e perfis falsos construídos por uma empresa de comunicação que alimentava as redes sociais”.

A tarefa era enaltecer também os atos de gestão de Bruno de Carvalho e criticar e intimidar os opositores da gestão do agora ex-presidente leonino.

De acordo com a informação avançada pelo CM, a empresa teria vários contratos com os leões que, no total, acabavam por custar cerca de meio milhão de euros anuais aos cofres leoninos.

Além disso, os gestores deste tipo de comunicação tinham acesso a um restaurante onde podiam fazer refeições pagas pela administração de Bruno de Carvalho.

O CM avança também que esta ‘cartilha’ visava também difundir em larga escala notícias fossem elas verdadeiras ou simples boatos que pudessem comprometer os rivais do Sporting.

Até este momento, Bruno de Carvalho não reagiu a esta notícia.

O antigo presidente do Sporting é candidato no novo ato eleitoral e já apresentou as linhas gerais do que pretende fazer.


Mais partilhadas da semana

Subir