Motores

Bastos Resende e Pais do Amaral mais fortes no Iberian Historic Endurance

Pedro Bastos Resende e Miguel Pais do Amaral impuseram o seu Porsche 911 3.0RS na primeira corrida do Iberian Historic integrada no programa do Estoril Classics.

A dupla, que já conquistara a ‘pole-position’ na qualificação matinal, foi mais forte na prova de 50 minutos, batendo o segundo classificado a quase 40 segundos.

Bastos Resende e Pais do Amaral foram de facto superiores, garantindo para além da vitória absoluta o triunfo na classe H-1976, numa prova que inicialmente foi liderada por James Guess e James Hilliard no Ginetta G10, antes de abandonarem decorridas nove voltas.

Carlos Barbot esteve então na segunda posição com o Merlyn MK4, antes de perder tempo no tráfego e ver-se superado por Francisco Carvalho e Miguel Ferreira, que aos comandos de um Ford Escort MK1 garantiram a segunda posição absoluta e o triunfo na classe H-1971. O piloto de Gaia subiu ao lugar mais baixo do pódio e impôs-se na classe H-GTP.

Muito consistente, Jorge Cruz e o BMW 323i acabaria na quarta posição, vencendo entre os H-C, enquanto Allen Tice e Chris Conoley terminaram no quinto posto e primeiro da classe H-1965, no sempre espetacular Marcos 1800 GTS.

A Gentleman Drivers Spirit prometia ser muito competitiva mas Nuno Nunes levou claramente a melhor no seu belo Porsche 911 SWB, superiorizando-se ao Alfa Romeo GTA de Christian Oldendorff e Robert Troullier.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir