Motores

Armindo Araújo quer lutar pela vitória na Madeira

Depois de muitos anos de ausência Armindo Araújo está de regresso ao Rali Vinho Madeira, e agora aos comandos do seu Hyundai i20 R5 o objetivo é vencer.

Numa prova que sempre teve um cariz internacional, o evento insular tem o ingrediente de colocar ao lado do piloto de Santo Tirso um dos pilotos com mais experiência europeia e também na prova do Clube Sports Madeira, que já venceu por quatro vezes; o italiano Giandomenico Basso.

O transalpino será o primeiro adversário que Armindo Araújo quererá bater, ainda que a sua missão principal na ‘Pérola do Atlântico’ seja a de obter o máximo de pontos possível para reforçar a sua liderança do Campeonato de Portugal de Ralis.

Será o regresso de Armindo à prova madeirense 12 anos depois, embora com um carro bem diferente. Um Hyundai i20 R5 que já mostrou ser bastante competitivo nos pisos de asfalto, que o Bicampeão do Mundo de Produção espera ser um grande ‘aliado’ na prova do próximo fim de semana.

Juntamente com o seu navegador, Luís Ramalho, Armindo Araújo espera ser o mais rápido no evento que também é pontuável para os troféus Europeu e Ibérico de Ralis, numa altura altura em que lidera o campeonato português com 108,29 pontos e três vitórias em cinco provas disputadas até agora.

“O Rali da Madeira é uma prova que não deixa nenhum piloto indiferente. Os troços de asfalto madeirenses são dos mais famosos da Europa e será um prazer regressar a este rali 12 anos depois. Realisticamente temos de perceber que a oposição está muito forte, pois tem vindo a disputar este rali todos os anos”, assinala o piloto de Santo Tirso.

“A temporada está a ser muito positiva. O Hyundai i20 R5 tem correspondido totalmente às nossas expetativas e espero que a Madeira seja mais uma etapa no nosso caminho rumo ao título”, acrescenta Armindo Araújo.

De referir que esta 59ª edição do Rali Vinho Madeira arranca sexta-feira, dia 3 de agosto, com a sempre popular super especial da Avenida do Mar (2,1 km). No sábado os concorrentes vão disputar um total de 10 classificativas, com passagens pelos troços de Campo de Golfe, Palheiro Ferreiro, Cidade de Santana, Ribeiro Frio e Terreiro da Luta. No decisivo dia de domingo serão disputadas mais oito especiais, com duplas passagens por Câmara de Lobos, Ponta do Sol, Ponta do Pargo e Rosário.

Mais partilhadas da semana

Subir