Motociclismo

Apesar dos testes em Sepang o motor está “mais ou menos decidido” na Yamaha

A escolha da Yamaha sobre qual a especificação de moto a utilizar no MotoGP de 2019 está mais ou menos decidida.

Segundo o chefe da equipa oficial da marca dos três diapasões o primeiro teste oficial de pré-temporada é “crucial’ para as aspirações da Yamaha na próxima temporada, já que é a última oportunidade para avaliar as várias especificações de motor.

Mas tanto Valentino Rossi como Maverick Viñales trabalharam num só tipo de motor no primeiro dia de ensaios em Sepang, o que contradiz um pouco o que diz Lin Jarvis.

“Apenas tivemos um motor porque a Yamaha assim o decidiu, e estamos contentes. O motor está mais ou menos decidido. Não há muitas dúvidas quanto a isso”, referiu Rossi, que adiantou ter utilizado pneus usados no começo e experimentou algo de novo que permitiu melhorar a performance.

Viñales confirmou o que o seu companheiro de equipa referiu. O espanhol enfatiza que no seio da Yamaha “há um acordo sobre qual o ponto fraco da moto. A partir daí, para o resolver há que trabalhar”. De resto há muito para experimentar nas YZR-M1 nos dois dias que a equipa tem pela frente.

Apesar do que disse Valentino Rossi Lin Jarvis diz que a equipa ainda avalia que caminhos a seguir, nomeadamente em termos de especificação de motor, como refere no vídeo abaixo.

Mais partilhadas da semana

Subir