Motociclismo

António Maio alinha no ‘Nacional’ de Rally-Raid a pensar no Dakar

Campeão Nacional de Todo-o-terreno pelo terceiro ano consecutivo, Anónio Maio disputa este fim de semana a primeira prova do novo Campeonato Nacional de Rally-Raid.

A competição, que sucede ao Troféu de Naveção organizado pela Federação de Portugal de Motociclismo e 2017, inicia-se em Vila Nova de Santo André, com o piloto da Yamaha Fino Motor Racing com o firme propósito de lutar pelas posições cimeiras aos comandos de uma Yamaha WR 450.

No pensamento de António Maio está a preparação para a edição 2019 do Rali Dakar, que se rodeou de mais apoios e está integrado na estrutura liderada por Francisco Fino, e a prova alentejana é uma das cinco que estão incluídas num campeonato de cinco provas, a que o piloto irá juntar o Campeonato Nacional de Todo-o-terreno, onde defende o título nas mesmas sete provas realizadas em 2017.

“Este vai ser um ano muito importante para o qual me tenho vindo a preparar com muito empenho e um grande apoio de todos os que estão comigo. Estou numa equipa muito profissional que tem somado títulos atrás de títulos nos últimos anos. As motos da Yamaha são fantásticas e os nossos técnicos fazem questão de as preparar de forma espetacular. Os apoios que se juntaram a este projeto e que muito agradeço são fundamentais para conseguirmos atingir os nossos objetivos”, assume António Maio.

Na jornada de abertura de Rally-Raid em Vila Nova de Santo André os concorrentes vão cumprir um percurso de 360 quilómetros, desenhados nos concelhos de Santiago do Cacé, Grândola, Sines e Odemira, sendo os primeiros 230 realizados este sábado e os derradeiros 130 no domingo.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir