Motores

André Amaral capota mas não deixa fugir o top cinco no Baixo Alentejo

André Amaral, acompanhado por Nelson Custódio, terminou na quinta posição a Baja TT Vindimas do Alentejo, que no fim de semana marcou o arranque do Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno|AM 48.

Mas nem tudo correu de feição à dupla da Ford Ranger, uma vez que viria a capotar a poucos quilómetros do final do evento do Clube de Promoção de Karting e Automobilismo.

André Amaral conseguiu chegar à quinta posição ainda no decorrer da primeira etapa, disputada no sábado, apesar de alguns problemas de eletrónica. Conseguiu depois adotar um ritmo forte e ganhar mais uma posição na classificação geral absoluta antes do percalço que lhe poderia ter custado mais do que a perda de um lugar.

O piloto de Barcelos faz ainda assim um balanço positivo deste começo de época: “A prova correu-nos bem. A 30 km do fim tivemos infelizmente um contratempo que nos fez perder o quarto lugar. Capotámos, conseguimos mesmo assim por o carro em pista e terminar, mas perdemos bastante tempo”.

“Ficámos em quinto lugar e acreditamos que a próxima corrida irá correr melhor. O nosso objetivo é terminar no TOP 5, andar entre os cinco primeiros a um bom ritmo. Fizemos um ‘update’ no carro, muito mais não podemos fazer. O nosso carro está num patamar um pouco inferior a algumas das máquinas da frente, mas estamos na luta”, acrescenta André Amaral.
O piloto minhoto começa agora a pensar na segunda ronda do campeonato, que será a Baja TT ACP – Santiago/Grândola, entre os dias 6 a 8 de março.

0Shares

Em destaque

Subir