Motores

“Adaptei-me bastante bem” diz Mariano Pires sobre as GT4 South European Series

Fazendo equipa com César Machado Ginetta G55 da ABM Grand Prix Mariano Pires é uma autêntica revelação nas GT4 South European Series, que não no automobilismo nacional, onde já tinha dado nas vistas na KIA Picanto GT Cup.

Naquela que foi a sua estreia nos GT, em Jarama, o jovem piloto de Ponte de Lima brilhou ao mais alto nível ao garantir uma ‘pole position’ e a contribuir para a vitória na sua primeira corrida na competição organizada pela Race Ready com o apoio da SRO.

A qualidade de Mariano Pires ficou patente na forma como se adaptou à nova disciplina, apesar da sua inexperiência nos carros de Grande Turismo. A mesma que no início da sua carreira lhe tinha permitido notáveis exibições no karting.

O piloto limiano reconhece que dificilmente poderia começar melhor na GT4 South European Series: “A primeira ronda de Jarama foi bastante positiva para nós, sendo a primeira vez que conduzi um carro deste género, além de um teste com poucas voltas em França. Adaptei-me bastante bem e consegui fazer logo a ‘pole position’ na minha estreia e ganhar a primeira corrida e ganhar a primeira corrida”.

Para Mariano Pires este campeonato está bem estruturado e “a organização está a fazer um bom trabalho, adequado ao tipo de campeonato”, e sente que a sua equipa pode “ainda evoluir mais”, enfatizando: “O GT3 South European Series é uma competição com muito potencial, com carros muito competitivos e muito bons pilotos”.

O resto da temporada apresenta-se como um desafio que o jovem piloto minhoto aguarda com grande expetativa. “Para as próximas provas o nosso objetivo será, como sempre, ganhar. Sabemos que a pista de Barcelona pode não ser tão propícia para o Ginetta, mas acredito que com trabalho de toda a equipa vamos conseguir um carro competitivo que nos permita lutar pela vitória”, remata.

301Shares

Mais partilhadas da semana

Subir