EUA

Abatem cadela saudável por capricho da falecida dona

Uma cadela saudável foi abatida porque a dona, que morreu, tinha insistido em ser enterrada com o animal. O caso está previsto na legislação do estado da Virgínia, nos EUA, mas tem gerado forte contestação um pouco por todo o mundo.

Emma, da raça shih tzu, foi eutanasiada a 22 de março, cerca de duas semanas após ter dado entrada num abrigo de animais em Richmond, na sequência da morte da dona.

Esta tinha exigido que a cadela fosse enterrada com ela, o que levou a uma intensa troca de argumentos entre os responsáveis pelo abrigo e o executor do testamento da mulher.

No dia 22, os familiares da falecida foram ao abrigo e levaram Emma, que acabou por ser abatida numa clínica veterinária, sendo posteriormente cremada para que a urna com as cinzas fosse depositada junto à falecida dona.

“Era uma cadela para a qual podíamos encontrar facilmente uma casa, mas eles levaram-na na mesma”, lamentou Carrie Jones, uma das responsáveis do abrigo.

A lei estadual da Virgínia proíbe o enterro de animais nos cemitérios públicos, mas contém um ‘buraco’, permitindo que tal aconteça em lotes privados.

Mais partilhadas da semana

Subir