Hoje é dia

23 de janeiro, nasce Ubaldo Ribeiro, um dos grandes autores de Língua Portuguesa

A 23 de janeiro assinala-se o nascimento de João Ubaldo Ribeiro, escritor brasileiro multipremiado, reconhecido em 2008 com o prestigiado Prémio Camões. Neste dia, recorda-se ainda Rafael Bordalo Pinheiro, outro homem que usou a arte para criticar a sociedade.

Hoje é dia de homenagear um escritor, jornalista e professor brasileiro, autor de grandes romances, entre os quais se destacam ‘Sargento Getúlio’, ‘O Sorriso do Lagarto’, ‘Viva o Povo Brasileiro’, ou ‘A Casa dos Budas Ditosos’.

Este último, muito polémico – narra a vida de uma mulher de 68 anos, que fala das suas próprias experiências sexuais –, foi proibido em alguns espaços de cultura.

Formado em Direito e membro da Academia Brasileira de Letras, João Ubaldo Ribeiro conquistou, em 2008, a maior distinção para autores de Língua Portuguesa: o Prémio Camões.

A sua escrita é marcada pela ironia, quase sarcasmo, num olhar sobre a sociedade brasileira e as culturas portuguesa e africana.

Além de romances, assinou contos, ensaios e entrou no espaço da literatura infanto-juvenil.

Algumas das obras de Ubaldo Ribeiro foram adaptadas para televisão e cinema.

Nasceram a 23 de janeiro Vicente Ferrer, religioso espanhol (1350), Henri Beyle (Stendhal), escritor francês (1783), e Édouard Manet, pintor francês (1832).

Nasceram ainda João Ubaldo Ribeiro, escritor brasileiro (1941), Boris Berezovsky, mafioso russo (1946), e Richard Dean Anderson, ator norte-americano (1950).

Morreram neste dia Rafael Bordalo Pinheiro, desenhador, decorador, caricaturista político e social, jornalista, ceramista e professor português (1905), e Anna Pavlova, bailarina russa (1931).

Morreram também Edvard Munch, pintor norueguês (1944), Salvador Dalí, pintor espanhol (1989), e Oliveira Marques, historiador português (2007).

Mais partilhadas da semana

Subir