Hoje é dia

30 de janeiro, data do ‘Bloody Sunday’ que marca luta pelos direitos humanos

Corria o ano de 1972 quando o exército britânico mata 13 católicos em Londonderry, na Irlanda do Norte, durante uma manifestação em defesa dos direitos humanos. O Domingo Sangrento [‘Bloody Sunday’] é recordado hoje.

Ocorreu em Londonderry. Um grupo de manifestantes católicos é assassinado, num episódio que interrompe uma luta pacífica em defesa dos direitos civis, contra o governo da Irlanda do Norte.

O Batalhão do Regimento de Paraquedistas do exército britânico pôs termo à manifestação, derramando sangue de 13 vítimas, que perderam a vida. O Domingo Sangrento, eternizado numa música dos U2, é recordado hoje.

No dia em que o Papa Clemente VIII é eleito, em 1592, Adolf Hitler é nomeado chanceler alemão, em 1933.

Também a 30 de janeiro, um hindu mata Mahatma Gandhi, em 1948, exatamente 21 anos depois da derradeira aparição pública dos Beatles, antes de se separarem, facto que também se assinala neste dia.

A 30 de janeiro de 1995, é apresentado o Microsoft Bob, interface gráfica da Microsoft que acabou por ser um tremendo fracasso.

Em 2007, também, a Microsoft apresenta o sistema operativo Windows Vista.

Nasceram no dia 30 de janeiro Franklin Roosevelt, 32.° presidente dos EUA (1882), Olof Palme, político sueco (1927), Dick Cheney, político norte-americano, e Phil Collins músico inglês, ex-baterista e vocalista dos Genesis (1951).

Morreram Damião de Góis, historiador português (1574) e Ferdinand Porsche, engenheiro de automóveis austríaco, fundador da Porsche (1951).

67Shares

Mais partilhadas da semana

Subir