Hoje é dia

10 de julho, Portugal sagra-se campeão europeu em França

Neste dia, em 2016, a seleção portuguesa de futebol sagra-se campeã europeia, em Paris, na final do Euro’2016, disputada com a França. Também a 11 de julho recorda-se Maria de Lourdes Pintasilgo, a primeira mulher a ocupar o cargo de chefia de um Governo. Morreu a 10 de julho de 2004.

A viagem pelo 10 de julho começa com Maria de Lourdes Pintasilgo. É um símbolo da Democracia portuguesa e um sinal da importância da força da mulher em cargos de chefia – neste caso, de um Governo. Foi a única mulher que desempenhou o cargo de primeiro-ministro em Portugal, tendo liderado o V Governo Constitucional.

Entrou em funções em julho de 1979 e saiu em janeiro de 1980. Pintasilgo foi também a segunda primeira-ministra em toda a Europa, entrando em funções dois meses depois da tomada de posse de Margaret Thatcher.

Em 1953, com 23 anos, licenciou-se em Engenharia Químico-Industrial, pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa, numa época em que poucas mulheres que enveredavam pela área da engenharia.

Maria de Lourdes Pintasilgo foi nomeada chefe de serviço no Departamento de Investigação e Desenvolvimento da Companhia União Fabril, em 1954. Primeira vez, uma mulher integrava os quadros técnicos superiores daquela empresa.

Da sua longa carreira política, destaca-se a chefia de um Governo. No dia 19 de julho de 1979 é indigitada – pelo Presidente da República, Ramalho Eanes – para chefiar o V Governo Constitucional, um executivo de gestão, incumbido de preparar as eleições legislativas intercalares de 2 de Novembro desse ano.

Foi também candidata nas Presidenciais e deputada no Parlamento Europeu, na qualidade de independente integrada no Grupo Socialista, entre 1987 e 1989. Morreu em Lisboa, 10 de julho de 2004.

E a viagem pelo dia 10 de julho faz-se pelos mares e começa em 1499: Nicolau Coelho, navegador português, regressa a Lisboa, depois de participar na expedição de Vasco da Gama, que dobrou o Cabo da Boa Esperança e descobriu o caminho marítimo para a Índia.

Dos mares passa-se para os céus, com o milionário Howard Hughes a conseguir, a 10 de julho de 1938, um novo recorde mundial: um voo de 91 horas à volta do mundo.

E dos céus desce-se à terra: neste dia, em 1943, os Aliados desembarcam na Sicília, na Operação Husky, dando início à invasão da Itália.

E voltamos aos mares. A 10 de julho de 1985, o navio Rainbow Warrior, do Greenpeace, é afundado no porto de Auckland, Nova Zelândia, na sequência de uma bomba colocada por agentes da Direction Générale de la Sécurité Extérieure, agência francesa. O fotógrafo português Fernando Pereira morre na explosão.

E em 2016, a Seleção Nacional de futebol escreve a mais bela página da sua história, vencendo o Campeonato da Europa, disputado em França.

Numa partida disputada em Paris, perante o anfitrião do Euro’2016, Portugal entra em campo ‘derrotado’, aos olhos do adversário. Um percurso modesto na competição deixa antever uma vitória da França, mas a crença lusitana torna todas as antevisões um erro de cálculo.

Éder escreve o seu nome como o autor do golo mais importante da Seleção Nacional. Corria o minuto 109 do prolongamento quando o avançado português determina o resultado final: 1-0.

Depois de ter atingido a final em 2004, perdendo com a Grécia, Portugal conquista o título europeu, num jogo em que perdeu a sua figura maior, logo aos oito minutos. Cristiano Ronaldo foi, porém, uma força da natureza fora do relvado e reforçou a ambição da equipa e de milhões de portugueses.

Um dia histórico para o futebol português, uma derrota que os franceses, tão críticos para com Portugal, não conseguiram engolir.

Nasceram neste dia João Calvino, teólogo franco-suíço, fundador do calvinismo (1509), Camille Pissaro, pintor impressionista francês (1830), Padre João Batista Reus, sacerdote jesuíta (1868), e Marcel Proust, escritor francês (1871).

Nasceram ainda Carl Orff, compositor alemão (1895), Owen Chamberlain, físico norte-americano (1920), Vasco Granja, apresentador de televisão português (1925), Alejandro de Tomaso, ex-automobilista ítalo-argentino (1928), Neil Tennant, cantor britânico, vocalista do Pet Shop Boys (1954), e Jacky Cheung, cantor e ator chinês (1961).

Morreram neste dia o Papa Bento VII (983), Rodrigo Diaz de Vivar, conhecido como El Cid (1099), Érico I da Dinamarca, rei da Dinamarca (1103), Henrique II de França (1559), Fernando Sor, compositor e violonista espanhol (1839), Augusto Meyer, jornalista, ensaísta e poeta brasileiro (1970), Jacques Chaban-Delmas, político francês (2000), e Maria de Lourdes Pintasilgo, primeira mulher a ocupar o lugar de primeiro-ministro em Portugal (2004).

Mais partilhadas da semana

Subir