Motores

Sebastien Loeb alega reflexos do todo-o-terreno no México

O segundo conseguido por Dani Sordo no Rali do México, faz pensar que Sebastien Loeb também poderia ter terminado a prova no pódio.

É que, ao contrário do espanhol da Hyundai, que prosseguiu em andamento quando sofreu um furo, o francês da Citroën parou para trocar a roda, o que acabou por lhe custar bastante mais tempo. Loeb lamenta agora a decisão, que considera ser “um reflexo do todo-o-terreno”, numa alusão às suas participações no ‘Dakar’ com a Peugeot.

“Houve duas curvas seguidas com pedras no interior, que ao passarmos um pouco por cima nos foi fatal. Cometemos um erro ao trocar a roda, já que não conhecia bem estes pneus. Foi um mau reflexo do todo-o-terreno”, referiu mais tarde o francês.

De resto Sebastien Loeb não lamenta nada do que fez na prova: “À chegada ao México, sentia que os testes tinham corrido bem, mas não tinha, obviamente nenhuma certeza sobre o meu nível, tendo em conta que todos os pilotos estão a lutar por décimos de segundo, e que não é preciso muito para ficarmos mais atrás. Foi, por isso, uma agradável surpresa ver que estava no mesmo ritmo. Só estou um pouco frustrado pelo facto de não ter podido lutar até o final com os outros devido ao furo. Em qualquer caso, foi um final de semana muito bom, que era o objetivo inicial. Espero poder agora obter um bom resultado na Córsega, mesmo que ainda tenha bastantes coisas para redescobrir”.

Mais partilhadas da semana

Subir