Fórmula 1

Sebastian Vettel dá terceira ‘pole position’ consecutiva à Ferrari

Confirmando o excelente começo de temporada que a Ferrari está a ter na Fórmula 1, Sebastian Vettel logrou a terceira ‘pole position’ consecutiva da ‘Scuderia’ na qualificação para o Grande Prémio da China.

O alemão foi mais forte do que o seu companheiro de equipa Kimi Raikkonen no último setor do Circuito de Xangai, e isso deu-lhe a vantagem de 0,087s que fez a diferença no final da terceira qualificação, depois do finlandês ter sido o mais rápido nas duas primeiras tentativas para estabelecer a melhor volta.

Ambos os pilotos da Ferrari conseguiram as duas primeiras posições da grelha de partida para a corrida de domingo utilizando os pneus ultra macios da Pirelli, depois de na segunda qualificação terem usado os macios, levando sempre a melhor sobre os rivais da Mercedes, que nunca se mostraram capazes de discutir a ‘pole’.

Tanto Valtteri Bottas, que realizou o terceiro registo, como Lewis Hamilton, que vai arrancar de quarto para a corrida de domingo, não conseguiram melhorar os seus tempos na segunda tentativa da terceira qualificação, terminando a mais de cinco décimas da marca conseguida por Sebastian Vettel.

O Campeão do Mundo quase terminava na terceira fila da grelha de partida, já que apenas 0,12s ficaram a separá-lo de Max Verstappen, quinto no melhor dos dois Red Bull, à frente de Daniel Ricciardo, que viu o novo motor do seu monolugar ser montado em tempo recorde, depois do turbo do anterior ter cedido no terceiro treino livre.

Nico Hulkenberg foi o melhor ‘dos outros’ no Renault, logrando o sétimo tempo, à frente de Sergio Perez, que desta vez vonseguiu ser o mais rápido dos Force India, à frente de Carlos Sainz Jr, no segundo Renault, e de Romain Grosjean, no melhor dos Haas. Isto depois de Kevin Magnussen ter sido afastado na segunda qualificação devido a um fraco parcial no setor intermédio do traçado chinês. Isso fez com que o dinamarquês terminasse a escassas 0,016s do ‘passaporte’ para a Q3.

Eliminados na segunda fase também foram Esteban Ocon, no segundo Force India, e Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne, mostrando que os McLaren ainda estão longe de valerem o mesmo que os Renault em termos de velocidade de ponta. Da mesma forma que Brendon Hartley foi o único homem da Toro Rosso a passar à Q2, à qual acedeu desta vez Sergey Sirotkin no pouco competitivo Williams. O russo soube aproveitar bem o mau setor intermédio de Pierre Gasly, que vai ter de arrancar de um modesto 17º lugar para a corrida de domingo.

Resultado da qualificação

1º Sebastian Vettel (Ferrari) 1m31,095s

2º Kimi Raikkonen (Ferrari) 1m31,182

3º Valtteri Bottas (Mercedes) 1m31,625s

4º Lewis Hamilton (Mercedes) 1m31,675s

5º Max Verstappen (Red Bull) 1m31,796s

6º Daniel Ricciardo (Red Bull) 1m31,9948s

7º Nico Hulkenberg (Renault) 1m32,532s

8º Sergio Perez (Force India) 1m32,758s

9º Carlos Sainz Jr (Renault) 1m32,819s

10º Romain Grosjean (Haas) 1m32,855s


Newsletters PT Jornal

O que quer receber?

Mais partilhadas da semana

Subir
error: