África

Portugal participa em missão de paz da ONU em África

Na próxima terça-feira, a missão portuguesa parte para a República Centro-Africana, para se juntar ao contingente da ONU que desenvolve uma missão de paz, avança a TSF. Nos últimos dias, o aeroporto da Portela, em Lisboa, tem servido de plataforma para transporte de material, com imponentes Antonov a sobrevoarem os céus.

Uma vez de dois em dois dias, um Antonov aterra na Portela, para preparar a missão de paz da ONU, que prevê o transporte de 700 toneladas de material, bem como 55 viaturas do Exército, para a República Centro-Africana.

Portugal participa na missão com uma centena de Comandos, de acordo com a TSF, grupo que irá juntar-se, na próxima semana, aos 12 mil Capacetes Azuis que estão naquela região de África e que estão a ser alvo de emboscadas.

A preparação de toda a logística de uma missão com esta dimensão constitui em si mesma um “desafio”, segundo realça àquela rádio o tenente-coronel Paulino.

Trata-se de algo que Portugal conhecia no plano teórico, mas que nunca antes ocorrera. E por isso há tantos voos de Antonov a sobrevoar Lisboa.

Os primeiros membros do contingente luso já estão a chegar a solo africano. Além de militares do Exército, irão alguns elementos da Força Aérea.


Patrocinado

Apps PT Jornal

Descarregar na App StoreDescarregar do Google Play

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir