Motores

Pedro Salvador prescinde de celebrações devido à tragédia de Pedrogão

Pedro Salvador conseguiu uma grande vitória na Rampa de Santa Marta mas absteve-se de festejar, em respeito pelas vítimas do trágico incêndio que afetou Pedrógão Grande e freguesias de conselhos vizinhos.

Apesar de contente com o importante triunfo, o piloto flaviense não conseguiu melhorar o tempo na derradeira subida de proba, pois o motor do Silver Car EF10 apresentou alguns problemas, que se agravaram.

“Felizmente nas primeiras subidas consegui garantir uma vantagem, que me permitiu ir para a última subida com algum conforto e assim ganhar”, confessou Pedro Salvador no final da prova.

“Mais do que tudo, estou profundamente chocado com a tragédia de Pedrógão Grande. Há alturas para celebrar e esta não é uma delas. Ganhei a prova, fui rápido, esforcei-me por vencer, dar o melhor espetáculo possível para o público e atingi essa meta. Agora é tempo de respeito pela memória e pelas famílias dos que partiram”, acrescentou o Campeão Nacional de Montanha.


Patrocinado

Newsletters PT Jornal

Selecione as newsletters

Mais partilhadas da semana

Subir