Mundo

Detetive privado dos McCann encontrado morto

O detetive privado da família McCann, contratado para encontrar Maddie, desaparecida no Algarve em maio de 2007 foi encontrado morto e “coberto de sangue”, tendo sido assassinado.

De acordo com o Daily Mail, Kevin Halligen terá sido assassinado na última segunda-feira, aos 56 anos, tendo o corpo sido encontrado “coberto de sangue” numa propriedade de Guildford, Inglaterra.

Um porta-voz da polícia, em declarações à mesma publicação, explica que as autoridades foram “chamadas para uma morada em Cobbett Hill Road, Guildford, na segunda-feira, após termos recebido o alerta de que um homem em 50 anos estaria mal”.

“A morte está a ser tratada como inexplicada”, acrescenta, lembrando que o corpo foi encontrado na casa onde o detetive vivia com a namorada.

Kevin Halligen, recorde-se, foi contratado para procurar a menina britânica desaparecida no Algarve em 2007, e prometeu recorrer a imagens de satélites bem como a contratação de detetives privados para o ajudar no caso.

Acabou, no entanto, acusado de burla e procurado pelo FBI, já que aquela não era a sua única acusação de fraude.

Mais partilhadas da semana

Subir