Hoje é dia

15 de março, o imperador Júlio César é assassinado

Neste dia, em 44 aC, o imperador Júlio César é assassinado por Marcus Junius Brutus, Decimus Junius Brutus e outros senadores romanos. Nasceu a 14 de março Carolina Michaëlis, a primeira mulher a lecionar numa universidade portuguesa, em Coimbra.

O imperador Júlio César foi líder militar e político, cuja ação se revelou central na transformação da República Romana. Graças às suas conquistas na Gália, o domínio romano estendeu-se até ao Oceano Atlântico: facto de consequências na história da Europa.

Já perto da morte, enfrentou uma fação conservadora do senado romano liderada por Pompeu, numa guerra civil.

Viria a tornar-se num ditador vitalício (no conceito romano do termo) e procedeu a diversas reformas económicas e administrativas em Roma.

Morreu assassinado a 15 de março de 44 aC, por um grupo de senadores. A morte do imperador Júlio César viria a provocar enorme instabilidade política, com o fim da República e o início do Império Romano.

Para a História ficam os feitos militares de César, eternizados em escritos da autoria de Suetónio e Plutarco.

Outros factos históricos assinalam-se neste dia. Em 1493, Cristóvão Colombo regressa a Espanha, após a primeira viagem às Américas.

Carolina Michaëlis nasce em Berlim, em 1851. É a mais importante filóloga da Língua Portuguesa. Crítica literária, escritora, lexicógrafa, Carolina Michaëlis foi a primeira mulher a lecionar numa universidade portuguesa: a Universidade de Coimbra.

Já a 15 de março de 1916, O presidente dos EUA Woodrow Wilson envia 12 mil soldados para a fronteira mexicana, à procura de Pancho Villa, rebelde e líder guerrilheiro.

Nas artes, destaque para a estreia em Nova Iorque do inesquecível musical da Broadway ‘My Fair Lady’, em 1956.

Em 1961, na Guerra Colonial Portuguesa, a Frente Nacional de Libertação de Angola leva a cabo um ataque tribal que origina um massacre de populações brancas e trabalhadores negros.

E regressamos às Artes, porque neste dia, em 1972, estreia o filme ‘O Padrinho’ [The Godfather], de Francis Ford Coppola, baseado num romance de Mario Puzo, com o mesmo nome.

Este filme de Coppola viria a ser considerado um dos melhores filmes da história do cinema.

Realce ainda para uma figura da política mundial: Mikhail Gorbachev é eleito primeiro presidente executivo da União Soviética, a 15 de março de 1990.

Nasceram neste dia Anne de Montmorency, militar, estadista e diplomata francês (1493), Shunzhi, imperador da Dinastia Manchu (1638), Nicolas Louis de Lacaille, astrónomo francês (1713), Carolina Michaëlis, filóloga portuguesa (1851), Paul Cronenberg, cineasta canadiano (1943), Kumba Yalá, político guineense (1953), e Joaquim de Almeida, ator português (1957).

Morreram a 15 de março Júlio César, general e estadista romano (44 aC), Salvator Rosa, pintor, poeta, ator e músico italiano (1673), Henry Bessemer, engenheiro e inventor britânico (1898), Benjamin Mountfort, arquiteto britânico (1898), Aleksei Rykov, político soviético (1938), Ernst Nobs, político suíço (1957), Arthur Holly Compton, físico norte-americano (1962), e Rebecca West, escritora britânica (1983).

Hoje, assinala-se o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor.

Mais partilhadas da semana

Subir