Ralis

WRC: Ogier comete deslize e Latvala lidera Rali da Suécia

SebastienOgier rs2014SebastienOgier rs2014 600Jari-Matti Latvala lidera o Rali da Suécia após o segundo dia completo desta segunda prova do Campeonato do Mundo da disciplina, marcada por um erro de Sebastien Ogier na primeira classificativa da tirada (Lejfors), quando saiu de estrada e ficou com o seu Volkswagen Polo R WRC preso num banco de neve.

“Saí de estrada para um banco de neve e o carro ficou preso. Foi numa curva lenta. Não ia concentrado. É um erro estúpido. Vou fazer o melhor para recuperar. Não sei se é possível, mas vai ser difícil”, afirmou o campeão do Mundo após o incidente.

Face a este percalço de Ogier, a luta pela liderança jogou-se entre Andreas Mikkelsen e Jari-Matti Latlava, com o finlandês a levar vantagem depois do norueguês ter uma incursão por uma vala no troço de Rammen. Isso permitiu a Latvala chegar ao almoço com pouco mais de segundo e meio de vantagem sobre o seu adversário.

Da parte da tarde o duelo entre os dois pilotos da Volkswagen prosseguiu, com Jari-Matti Latvala a conseguir ‘cavar’ uma vantagem de quase uma dezena de segundos sobre Mikkelsen, que admitiu ter ‘jogado pelo seguro’ e não arriscar perder um mais do que provável pódio.

Já o finlandês atacou o mais que pôde, apesar da resposta do seu adversário, regressando a Hagfors com quase cinco segundos de vantagem sobre o seu companheiro de equipa.

MadsOstbergAndreas Mikkelsen impôs-se depois na superespecial de Karlstad, onde bateu Sebastien Ogier por cinco décimas e pouco mais de um segundo sobre Jari-Matti Latvala, fazendo com que os dois primeiros partam para o derradeiro dia separados por menos de quatro segundos.

Mads Ostberg foi o piloto que menos se resignou com o domínio dos pilotos da Volkswagen, apesar de terminar o dia a quase 40 segundos do líder. Ainda assim o norueguês da Citroën conseguiu afastar-se de Mikko Hirvonen e Ott Tanak, que na última tirada deste rali sueco deverão lutar entre si pela quarta posição.

ott tanakO finlandês da M-Sport atrasou-se bastante na primeira classificativa da tarde, ao perder bastante tempo atrás do seu companheiro de equipa Robert Kubica, depois do polaco ter tido uma incursão fora de estrada, a primeira de duas, já que dois troços depois voltou a despistar-se, retomando a marcha com a ajuda dos espetadores.

Já no campo da Hyundai o dia foi particularmente difícil, com Juho Hanninen a perder uma roda dianteira do seu i20 WRC, na mesma classificativa onde, da parte da manhã, o motor do carro do seu companheiro de equipa, Thierry Neuville, se tinha ‘calado’.

Os percalços dos pilotos da marca coreana acabaram por jogar em favor de Kris Meeke, permitindo ao britânico da Citroën subir ao sexto lugar da classificação geral, depois de uma dura batalha com o sueco Pontus Tidemand.

Classificação após a 16.ª PE

1.º Jari-Matti Latvala/Mikka Anttila (Volkswagen) 1h48m47,6s
2.º Andreas Mikkelsen/Miko Markkula (Volkswagen) + 3,6s
3.º Mads Ostberg/Jonas Andersson (Citroën) + 43,0s
4.º Mikko Hirvonen/Jarmo Lehtinen (Ford) + 1m02,7s
5.º Ott Tanak/Rudi Molder (Ford) + 1m08,7s
6.º Kris Meeke/Paul Nagle (Citroën) + 2m31,2s
7.º Henning Solberg/Ilka Minor (Ford) + 2m47,0s

8.º Pontus Tidemand/Ola Floene (Ford) + 2m48,4s
9.º Sebastien Ogier/Julien Ingrassia (Volkswagen) + 3m38,4s
10.º Elfyn Evans/Daniel Barritt (Ford) + 3m41,8s

Mais partilhadas da semana

Subir