Nas Notícias

“Todos se sentem enganados” pelo Governo, diz Cristas

Assunção Cristas criticou o Governo e António Costa no debate quinzenal na Assembleia da República. A líder centrista chegou mesmo a dizer que o primeiro-ministro “prometeu o que porventura nunca teve a intenção de cumprir” e por isso “todos se sentem enganados”.

A líder do CDS-PP assumiu que António Costa é um “contador de histórias” e pede ao Governo para olhar para a contestação que se faz nas ruas com várias greves nas últimas semanas.

“Diz ter virado a página da austeridade quando tem a maior carga fiscal de sempre”, acusou Assunção Cristas, questionando o primeiro-ministro sobre os lamentos de trabalhadores em tantas áreas.

“Se está tudo tão bem porque razão tantos e tantos se queixam? De repente são todos insensatos? Dos professores aos médicos, dos guardas prisionais aos enfermeiros, dos polícias aos juízes, dos investigadores criminais aos trabalhadores dos transportes dos técnicos de diagnóstico aos bombeiros?”

Cristas endureceu mesmo o discurso e acusou António Costa e o Governo de que “a todos prometeu o que porventura nunca teve a intenção de cumprir”.

“Todos se sentem enganados por si, pelo seu Governo. E porquê? Porque a todos prometeu o que porventura nunca teve a intenção de cumprir. O seu Governo é o Governo dos impostos máximos e dos serviços públicos mínimos”.

Veja as declarações de Cristas no vídeo.

Debate quinzenal com o PM.

📹 O governo de António Costa é o governo dos impostos máximos e dos serviços públicos mínimos. #CDSaPrimeiraEscolha #aAlternativaSomosNós

Publicado por Assunção Cristas em Terça-feira, 11 de Dezembro de 2018

Mais partilhadas da semana

Subir