Desporto

“Se tiver de falar do Sporting escrevo 20 livros”, diz Jesus

Jorge Jesus recusou responder diretamente a Bruno de Carvalho, na sequência da apresentação do seu livro, mas deixou algumas palavras dirigidas ao ex-presidente do Sporting.

“Aprendi muita coisa na Arábia Saudita e uma é respeitar muito o futebol, independentemente das pessas. Não é o momento para falar disso. Se tiver de falar da minha passagem pelo Sporting não escreve um livro, escrevo 20 livros. Como não tenho de escrever livros para sobreviver, trabalho no que sei, que é ser técnico”, afirmou Jesus, citado pelo jornal Record.

O ex-treinador dos leões falou aos jornalistas à chegada a Lisboa, onde admitiu que se soubesse o que sabe agora seria “impossível” assinar por Bruno de Carvalho.

Relativamente ao futuro, Jorge Jesus sublinhou que não vai treinar ninguém até ao final da época e considerou como “interessante” a proposta de dirigir uma academia na Arábia Saudita.

“É uma proposta interessante, não do ponto de vista desportivo, não é para me radicar novamente na Arábia, é para ser consultor e projetar a academia. Estive em dois grandes clubes com grandes academias e eles sabem disso. Mas ainda não assinei nada”, afirmou.

Mais partilhadas da semana

Subir