Economia

Reclusos envolvidos em projeto de empreendedorismo social

Reclusos do Estabelecimento Prisional da Carregueira produzem vasos de ervas aromáticas, com fins sociais, tendo em vista o financiamento de programas de reabilitação.

A iniciativa envolve 12 reclusos na produção de vasos de ervas aromáticas para serem vendidos.

As receitas vão financiar programas de reabilitação e constituição de um fundo de tesouraria a que os indivíduos terão acesso quando cumprirem a sua pena.

A ação foi criada pela Sapana, uma organização não-governamental para o desenvolvimento, no âmbito do projeto de empreendedorismo social Breaking Bars, uma iniciativa que pretende promover a integração social e laboral de homens e mulheres privadas de liberdade, com previsão de saída do Estabelecimento Prisional inferior a um ano.

Os vasos de ervas aromáticas estão disponíveis por 3,50 euros cada, nas lojas Pingo Doce e Automóvel Clube de Portugal, em 98 pontos de venda por todo o país.

A Sapana conta com o apoio de diversas entidades para a concretização deste negócio social, como o Estabelecimento Prisional da Carregueira, Grupo Jerónimo Martins, Automóvel Clube de Portugal, Siro & Leal, Germiplantas, Cantinho das Aromáticas, Berapid, Marketing Stuff, 9 The Creative Shop, Corpcom e Fonte Viva.

Fundada por Carolina Almeida Cruz com o lema “empowering lives from passion to action”, a missão da Sapana é fazer a capacitação de pessoas com especial enfoque nos desempregados, reclusos e etnias, numa perspetiva de sustentabilidade.

O programa de capacitação é inspirada na metodologia do programa dos 12 passos e promove sessões grupais ao longo de três semanas num total de 30 horas.

Os conteúdos dividem-se em três módulos: o desenvolvimento pessoal, empregabilidade e empreendedorismo, que são complementados com workshops feitos à medida.

A continuidade desta intervenção é garantida por um programa de mentoria individual, com a duração prevista de um ano, e simultaneamente com o desenvolvimento de uma bolsa de empregadores, e prospeção-sensibilização empresarial com vista à contratação.

Mais partilhadas da semana

Subir