Fórmula 1

Para Sebastian Vettel Melbourne foi o oposto dos testes de Barcelona

Depois de insinuar que a Mercedes ‘escondeu o jogo’ nos testes de Barcelona, Sebastian Vettel verificou que nos treinos e na qualificação do Grande Prémio da Austrália se verificou o inverso sucedido nos ensaios de pré-temporada.

A Ferrari, que parecia a favorita para este começo de época de repente viu-se na situação de ‘dominada’. Vettel considera que o que se passou agora em Melbourne ainda está a ser ‘absorvido’ pela ‘Scuderia’ de Maranello.

“Ninguém percebeu o que a Mercedes fez nos testes, talvez não o tenham feito (esconder o jogo’. Eu uso uma camisola que podem ver, por isso deveria ver o jogo. Eu senti o mesmo carro que tinha nos testes, mas que não faz o mesmo”, diz o piloto alemão.

Sebastian Vettel refere que a sensação que sente após a qualificação na Austrália não é boa: “É como dançar com os sapatos errados. Ainda podemos dançar mas não tão bem”.

Mas há quem tenha uma resposta para a alteração da hierarquia. Em declarações à Speed Week Helmut Marko, da Red Bull aponta a origem do problema: “A Mercedes debateu-se com os pneus em Barcelona, mas a Ferrari foi perfeita. Aqui passou-se o contrário. Até agora há só três equipas constantes. Nós somos a número dois. A McLaren é segunda a contar do fim e a Williams é a última”.

“Acho que nenhuma das equipas mostrou o seu jogo”, disse Valtteri Bottas inquirido sobre se a Mercedes teria feito ‘bluff’ em Barcelona. Opinião partilhada pelo seu ‘patrão’, Toto Wolff: “Ninguém mostrou as suas calças ainda”.

2Shares

Mais partilhadas da semana

Subir