Desporto

“Palavra ‘dignidade’ desapareceu do vocabulário do bibota”

Manuel José lamenta discurso de apoio feito por Fernando Gomes a Pinto da Costa, que se recandidata à presidência do FC Porto. “Fernando, se me estiveres a ver, se me estiveres a ouvir, a palavra dignidade desapareceu do teu vocabulário”, referiu o treinador.

No programa da RTP3 deste domingo em que se debatia a recandidatura de Pinto da Costa, Manuel José foi extremamente duro nas críticas a Fernando Gomes, o bibota que apoia o atual presidente, depois de décadas de afastamento.

Manuel José falava do “melhor jogador vivo da história do FC Porto, com todo o respeito pelo António Oliveira” – que também estava presente no debate. E citou partes da mensagem de apoio de Fernando Gomes a Pinto da Costa.

Manuel José entra então numa viagem pela história, onde lembra que Fernando Gomes “deu uma entrevista a dizer que um dia queria ser presidente do FC Porto”. Segundo Manuel José, esta frase teve consequências.

“O FC Porto deixou de lhe pagar os salários. Dois foram de certeza. Não tenho a certeza se foram três. E apareceu o Vitória de Guimarães e o Vitória de Setúbal interessados. Eu telefonei-lhe e ele estava pior do que estragado com o clube e com o presidente, porque não lhe pagaram, por ele ter proferido aquela frase”, conta Manuel José.

O antigo técnico revela ainda que aconselhou Fernando Gomes a não meter processos em tribunal, como, alegadamente, o bibota ponderava. “Eu disse: ‘Não faças isso, porque essa é a armadilha que te estão a montar. Tu metes o clube em tribunal e eles vão-te desfazer todo. Vão pôr-te pelas ruas da amargura perante os sócios’”, prossegue.

O agora comentador da RTP lembra almoços organizados pelo bibota e outros ex-futebolistas, onde se “dizia mal do presidente”.

“Este senhor, ao fim de 23 anos, voltou ao FC Porto, por necessidade. E fazer um discurso destes…”

“Fernando, se me estiveres a ver, se me estiveres a ouvir, a palavra dignidade desapareceu do teu vocabulário. E quando olhas para o espelho, não tens vergonha de te ver ao espelho? Não tens vergonha de dizer aquilo que estás aqui a dizer? Tu que andaste 20 e tal anos a dizer mal do presidente do FC Porto e agora fazes estes elogios todos?”, disse Manuel José, dirigindo-se ao bibota.

O treinador revelou-se ainda “profundamente desapontado com isto que este senhor disse”.

As eleições para os órgãos sociais do FC Porto, tendo em vista o quadriénio 2020-2024, estão agendadas para os dias 6 e 7 de junho.

A este ato eleitoral concorrem quatro candidaturas, sendo que três delas são para a presidência, encabeçadas por Pinto da Costa (lista A), Nuno Lobo (B) e José Fernando Rio (C), e uma lista, a D, que é independente ao Conselho Superior, sob o lema “Por um Porto Insubmisso, Eclético e Triunfante”.

0Shares

Em destaque

Subir