Motores

O Aeroscreen da IndyCar é “um passo em frente em matéria de segurança”

É o ex-campeão da IndyCar Will Power que diz que o Aeroscreen – a nova proteção do ‘cockpit’ dos monolugares da competição norte-americana – é “um verdadeiro passo em frente em matéria de segurança”.

A solução, que consiste numa espécie de proteção vidrada do ‘cockpit’ – alternativo ao Halo utilizado na Fórmula 1, não reúne o consenso de todos os especialistas, mas foi a escolhida pelos homens da IndyCar.

Para além Power, também Scott Dixon testou o Aeroscreen em Indianápolis, percebendo as qualidades ou possíveis defeitos do dispositivo desenvolvido pela Red Bull Advanced Technologies.

“Estou bastante impressionado com a rapidez com que tudo se desenrolou. Uma primeira experiência sem qualquer problema de maio… há apenas pequenas coisas nas quais trabalhar”, observou Will Power após o teste.

Power mostra-se contente que tem sido dado este “passo em frente em matéria de segurança”, e considera que “é o melhor de dois mundos. Temos o Halo e um pára-brisas”, e sublinha: “Penso que veremos outras categorias de monolugares fazerem o mesmo. Se o utilizarmos durante um dia sentir-nos-emos nus sem ele”.

O australiano da Penske foi o que se mostrou mais satisfeito com a novidade. Já Dixon, também ele ex-campeão da IndyCar, reconhece que o dispositivo – que será obrigatório a partir de 2020 – é um avanço maior para a disciplina, marcada pelo acidente fatal de Justin Wilson, falecido em 2015 quando o seu carro embateu contra uma rede de vedação.

Para o neozelandês o Aeroscreen até tem outras vantagens: “De facto o capacete passa a ter menos sobrecarga. Visualmente não há qualquer problema. Certas zonas com os ‘tear-off’ (películas da viseira) onde elas são um problema, poderão ser corrigidas para melhorar a situação”.

Depois de Indianápolis o Aeroscreen será ensaiado na Barber Motorsport Park (Alabama), a 7 de outrbro e desta vez tendo como pilotos Simon Pagenaud (Penske) e Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosports), para a 15 de outubro ser a vez de Sott Dixon e Josef Newgarden (Penske).

Espera-se que um outro ensaio decorra a 5 de novembro em Sebring (Florida), aí recorrendo aos serviços de James Hinchcliffe (Schimdit Petersen) e de Sebastien Bouradais (Dale Coyne Racing).

1Shares

Em destaque

Subir