Fórmula 1

Nico Rosberg consegue primeira ‘pole position’ do ano em Barcelona

RosbergEspanha315

Nico Rosberg conseguiu interromper a supremacia do seu colega de equipa Lewis Hamilton nas qualificações nesta temporada de Fórmula 1, ao conseguir a ‘pole position’ para o Grande Prémio de Espanha.

O alemão da Mercedes foi batido por Hamilton na primeira sessão de qualificação, quando o campeão do mundo utilizou os pneus mais duros da Pirelli, mas depois marcou a sua autoridade, nomeadamente na decisiva Q3, já que logo na primeira tentativa logrou a marca que lhe daria a ‘pole’, ao realizar uma volta ao circuito da Catalunha em 1m24,681s.

Hamilton bem tentou, mas ficaria a 0,267s de Rosberg, numa primeira fila inteiramente Mercedes, sendo notório que a Ferrari está próxima, mas ainda não ao nível da marca da estrela.

VettelEspanha215

Sebastian Vettel foi aliás o único homem da ‘Scuderia’ de Maranello a não gorar as expetativas, ao garantir a terceira posição da grelha de partida, diante de Valtteri Bottas, o melhor dos pilotos da Williams.

Tal como o germânico da Ferrari, o finlandês tirou partido do fato de ter um segundo jogo de pneus para a terceira qualificação e por realizar uma segunda tentativa. Algo que o seu companheiro de equipa, Felipe Massa não conseguiu, vendo-se relegado para o nono lugar da grelha.

Já Kimi Raikkonen deve o seu sétimo lugar no ‘grid’ à instabilidade do seu Ferrari. Problema com que ‘Ice Man’ se vem debatendo ao longo do fim-de-semana.

SainzEspanha215

Os pilotos da Toro Rosso foram os que mais aproveitaram os percalços de Massa e Raikkonen, ao conseguirem monopolizar a terceira fila da grelha de partida, com Carlos Sainz a dar alguma alegria aos espanhóis ao ser mais rápido do que o seu companheiro de equipa Max Verstappen.

Mais uma vez os homens da Red Bull foram batidos pela equipa ‘irmã’,  já que Daniil Kvyat foi oitavo e Daniel Ricciardo apenas décimo, mas mesmo assim atingindo a Q3, coisa que Romain Grosjean e Pastor Maldonado falharam por pouco nos Lotus.

Da mesma forma a segunda qualificação foi o mais longe que os pouco competitivos McLaren Honda conseguiram, com Fernando Alonso a ser 13.º à frente de Jenson Button.

Resultado da qualificação

1.º Nico Rosberg (Mercedes) 1m24,681s

2.º Lewis Hamilton (Mercedes) 2m24,948s

3.º Sebastian Vettel (Ferrari) 1m25,458s

4.º Valtteri Bottas (Williams) 1m25,694s

5.º Carlos Sainz Jr (Toro Rosso) 1m26,136s

6.º Max Verstappen (Toro Rosso) 1m26,249s

7.º Kimi Raikkonen (Ferrari) 1m26,414s

8.º Daniil Kvyat (Red Bull) 1m26,629s

9.º Felipe Massa (Williams) 1m26,757s

10.º Daniel Ricciardo (Red Bull) 1m26,770s

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir