Nas Redes

Mulher salva pelos Bombeiros de Almeirim agradece e promete usar a farda

Rute Reis, que esteve quatro horas encarcerada no carro após o acidente, na A13, escreveu aos bombeiros que a retiraram “viva”, embora com lesões graves no pescoço, na bacia e nos membros inferiores. No agradecimento, a vítima prometeu “honrar com brio a farda”, dando a conhecer a vontade de se alistar.

A vítima escreveu aos Bombeiros Voluntários de Almeirim, responsáveis pela operação de desencarceramento, cerca de uma semana depois de se ter despistado na A13, na zona de Zamora Correia.

“Obrigado é pouco para vos agradecer o facto de estar viva e a recuperar bem. Quero agradecer toda a vossa paciência e a calma que me transmitiram, nas quase duas horas agarrados ao meu pescoço”, escreveu Rute Reis, no Facebook.

Na sequência do acidente, na segunda-feira da semana passada, a mulher ficou encarcerada e sem acesso ao telemóvel, não conseguindo por isso pedir socorro. Só cerca de quatro horas mais tarde é que um automobilista se apercebeu da viatura fora da faixa de rodagem e alertou as autoridades.

Na mensagem de agradecimento, a vítima prometeu ainda alistar-se na corporação de Almeirim: “Hoje ainda início os meus passos nos bombeiros, mas amanhã, quando me tornar numa, irei honrar com brio a farda da mesma forma que vós”.

 

237Shares

Mais partilhadas da semana

Subir