Motociclismo

Miguel Oliveira baixa o seu tempo no encerramento dos testes na Malásia

Miguel Oliveira concluiu os primeiros testes oficiais de pré-temporada do MotoGP em Sepang (Malásia) realizando o 19º tempo, baixando significativamente o seu tempo por volta.

O piloto português da Tech3 realizou a sua melhor volta em 1m59,949s, a 1,710s de Danilo Petrucci, que conseguiu esta sexta-feira quebrar o recorde do circuito malaio.

Oliveira, que realizou 61 voltas neste último dia de ensaios, voltou a ser mais rápido do que o seu companheiro de equipa Hafizh Syahrin, batendo o piloto malaio por mais de um segundo.

No final destes testes o piloto de Almada não estava totalmente satisfeito: “O tempo por volta foi bom. Não fui tão rápido como esperava, porque não consegui igualar a configuração da moto com os melhores pneus na melhor altura. Fiquei muito perto das duas KTM de fábrica, mais perto do que toda a gente pensava, e esse é o aspeto mais postivo destes três dias”.

“Temos sido muito competitivos com pneus usados, o que é bom para a corrida. De momento vejo claramente que demos um passo em frente, ainda que sinta que não extraímos o máximo do que temos, por isso já penso no teste do Qatar e aproveitar as experiências destes três dias procurando dar outro passo em frente”, acrescentou o piloto português.

Petrucci mostrou o potencial da Ducati ao efetuar uma ‘volta-canhão’ em 1m58,239s, superando em 0,063s o Campeão de Moto2, Francesco Bagnaia. Este aos comandos de uma Ducati da antiga equipa de Danilo Petrucci, a Pramac.

Além de Petrucci apenas mais cinco pilotos rodaram abaixo de 1m59s; Jack Miller, na segunda das Ducati da Pramac, Andrea Dovizioso, na segunda Ducati oficial, Maverick Viñales, na melhor das Yamaha, e Cal Crutchlow, na melhor das Honda. Os seis ficaram separados apenas por 0,541s.

Mais partilhadas da semana

Subir