Desporto

Liga dos Campeões: FC Porto empata com Roma e complica apuramento

O FC Porto empatou com a Roma (1-1), na primeira mão da pré-eliminatória da Liga dos Campeões, disputada no Estádio do Dragão, nesta quarta-feira. Felipe fez um autogolo e André Silva repôs a igualdade, na segunda parte, já com a equipa de Luciano Spalletti reduzida a 10, por expulsão de Vermaelen.

Os italianos saíram da cidade Invicta bem mais satisfeitos com este empate que, deixando tudo em aberto, complica a missão da formação portuguesa, na chegada à frase de grupos.

Na segunda mão, em casa de um rival que mostrou mais argumentos (antes da expulsão), os dragões partem agora em desvantagem.

No embate desta noite, o FC Porto pode queixar-se de uma grande penalidade que ficou por marcar, na primeira parte. Há ainda um golo anulado ao conjunto azul e branco, por fora de jogo, numa decisão polémica, mas acertada.

Mas há muito mais do que arbitragem para analisar: a equipa de Luciano Spalletti mostrou alguma superioridade, quando jogou em igualdade numérica, com um coletivo mais forte e muita posse de bola.

Independentemente do resultado de hoje, fica a certeza de que a missão do FC Porto, tendo em vista a qualificação para a fase de grupos, será extremamente complicada.

Só após a expulsão de Vermaelen (mais do que justificada) se viu mais Porto. O dragão dominou, a partir do minuto 40, mas não foi capaz de fazer melhor do que o empate.

Assinale-se a estreia de André Silva a marcar, na Liga dos Campeões, e as lágrimas de Rúben Neves, médio que iria entrar em campo, mas que, por decisão de Nuno Espírito Santo, voltou a sentar-se no banco. Dois jovens que vivem realidade opostas.

A segunda mão será jogada em Roma, já na próxima terça-feira.

Mais partilhadas da semana

Subir