Nas Notícias

Lares podem continuar a admitir, mas doentes novos têm de cumprir quarentena

A diretora-geral da Saúde apelou hoje a todos os lares que não deixem de receber doentes, mas que cumpram o período de isolamento de 14 dias de todos os doentes novos que entrarem, mesmo sem sintomas.

“Ao receber um utente novo, esse utente pode vir infetado e terá de permanecer em isolamento 14 dias até ser colocado junto dos outros. Podem continuar a admitir, não devem barrar a entrada, mas cumprindo os 14 dias da quarentena”, afirmou Graça Freitas.

“Temos de aprender a lidar com a situação”, afirmou Graça Freitas, sublinhando que, um doente internado num lar que apresente algum dos sintomas compatíveis com a doença provocada pelo novo coronavírus “deve ser retirado da zona coletiva e isolado, até ser testado, para não corre o risco de contaminar os restantes”.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de vítimas mortais do Covid-19 para seis e o numero de casos confirmados 1.020, mais 235 do que na quinta-feira.

Dos casos confirmados, 894 estão a recuperar em casa e 126 estão internados, 26 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir